Blog

Últimas notícias automotivas

Ruas de São João: Riscos e Cuidados para o seu bibi

O centro histórico da cidade com seu calçamento irregular exige cuidado redobrado dos motoristas.

São João del-Rei: Cidade dos Sinos, das belas paisagens, das lendas e belas histórias que encravadas em seus muros e construções relatam um pouco do que foi a cidade há anos atrás. E, o que poucos sabem é que o calçamento da localidade também tem muito a revelar sobre a Del-Rei que, aliás, mistura bem os paralelepípedos com o asfalto.

História

O período colonial Brasileiro desde o seu começo tinha como ruas os antigos caminhos de lama, que durante todo o ano revelavam problemas tanto no período de chuva quanto no de seca. Prova disso são os nomes que sobrevivem até os dias atuais. Tejuco, por exemplo, significa lama ou barro. Outro exemplo é a rua Coronel Tamarindo já foi conhecida Rua do Barro.

Foi no século XVIII que as autoridades das vilas mineiras se preocuparam em pavimentar as ruas dos centros Urbanos. É comum ver todas as cidades históricas com um mesmo tipo de calçamento em pedras pequenas e arredondadas popularmente conhecidas como pé de moleque.

Cuidados

Hoje, mesmo parte do centro da Cidade dos Sinos tendo asfalto, outra ainda preserva história e conserva os seculares paralelepípedos. E, foi pensando naqueles que todos os dias colocam o “seu bibi” nessas ruas que o nosso site separou algumas dicas.

Viver em ruas de pedra e cascalho muda muita coisa na revisão do seu carro. O sistema de direção, por exemplo, sente profundamente a diferença no percurso. Vale lembrar que ele é um item fundamental de segurança do veículo. O volante costuma ter muita trepidação e quem costuma circular por cidades históricas ou estradas com irregularidades, se sentir alguma diferença, tem que procurar um mecânico. Às vezes pode estar na hora de trocar a sua caixa de direção.

Os amortecedores também são uma das peças que sofres com o transito nas ruas de paralelepípedos. Em média as peças são fabricadas para resistirem à 40 mil quilômetros, porém esta durabilidade depende das condições que o motorista anda. Os amortecedores controlam o movimento das molas e mantém a aderência dos pneus ao solo, garantindo estabilidade e claro, segurança ao seu veículo. As más condições da peça comprometem principalmente a frenagem do carro além de desgastar também quem dirige. Portando, quem transita pelo centro histórico de São João del-Rei com frequencia deve ter cuidado redobrado com a peça. Vale lembrar também que os amortecedores do seu carro sempre devem ser trocados aos pares.

Outro componente do seu veículo que sofre com o calçamento é o pneu. Sim, sem ele o carro não sai nem do lugar. A vida útil de um pneu pode chegar a cerca de cinco anos, claro que este tempo pode diminuir com o estado de conservação de onde se transita. Andar com os pneus sempre calibrados é uma ótima dica. Fazer o balanceamento das rodas e também o alinhamento da direção ajuda a manter seus pneus úteis por mais tempo.

Opinião

Além dos Carros as motos também sofrem ao terem que circular pelas ruas das cidades histórias. Eurimar Ramalho é um São-joanense que sabe bem o problema. Ele entrega jornais aos sábados na localidade e diz que quando trafega pelo Centro Histórico as ruas estreitas e o calçamento irregular dificultam e muito o trabalho. “No centro histórico de São João del-Rei as ruas não são planas e tem muitos buracos. Tem lugares que faltam os paralelepípedos e é preciso cuidado redobrado com a moto para não danificar o veículo”, ressaltou.

Apesar dos danos que os paralelepípedos trazem ao seu carro, muitas vezes a bela paisagem se torna uma recompensa. Não é em todos os lugares que se vai para o trabalho, que da um passeio apreciando as belas igrejas, as casas e as construções históricas que a antiga São João del-Rei oferece.


Posts Recentes

Ruas de São João: Riscos e Cuidados para o seu bibi

O centro histórico da cidade com seu calçamento irregular exige cuidado redobrado dos motoristas.

Semáforo: sinônimo de organização e proteção no trânsito

Recentemente a Avenida Sete de Setembro e a Rua Aureliano Pimentel tiveram os seus equipamentos desligados causando caos nas ruas da região.

Frota São joanense registra aumento de 4%

Mesmo em tempos de crise e recessão a Cidade dos Sinos aumenta o número de emplacamentos

Número de veículos em São João del Rei cresceu 5% em um ano

Quantidade de veículos nas ruas são-joanenses continua aumentando

O Meu Bibi evoluiu

Versão 2.1 traz muitas novidades

>
scroll up